sábado, 18 de fevereiro de 2012

Chico Buarque

Canções


As canções de Chico Buarque têm sempre uma musicalidade a que não conseguimos ficar indiferentes. Estas são só duas da sua parceria com Milton do Nascimento






segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O chá

                                    Os efeitos do chá




Sou natural de uma terra produtora de chá : o famoso chá Gorreana, produzido pela mais antiga fábrica de chá da Europa, de 1883, situada em S. Miguel- Açores, no concelho da Ribeira Grande. Os métodos utilizados ainda são os antigos e é um deleite para os olhos e para os sentidos uma visita a este pequeno paraíso um pouco "retro".

Verde, preto, vermelho, todos são ali produzidos e podem ser provados " in loco". Para além do sabor há a maravilha da paisagem! 


A vida levou-me para outras terras mas o chá foi sempre "atrás" de mim. Na família bebia-se depois das refeições para fazer bem as digestões, o de poejo era muito popular ou não fosse Alentejo....mais tarde, em Lourenço Marques, era o tempo dos chás dançantes, dos chás associados ao jogo da canasta, o chá que se ia tomar com as mães às casas das amigas enfim, agora é que percebo a quantidade desta bebida que ingeríamos. Contava-se que uma conhecida senhora do nosso meio tinha sido alvo de uma certa rudeza da parte de uma amiga e que mandou entregar a casa dessa mesma amiga uma garrafa de chá....... Foi um acontecimento comentado na altura pela "bofetada de luva branca" que foi desferida. Claro que isto foi há séculos atrás. Fez efeito?! Não sei, mas pergunto-me o que aconteceu ao chá de hoje em dia que, por mais que se tome, e a verdade é que está novamente muito na moda, deve estar adulterado porque hoje sim não faz efeito!  Como D. Catarina de Bragança se deve sentir ofendida por saber que essa bebida que levou de Portugal para a corte de Inglaterra , onde  é um símbolo quase nacional , se tornou num remédio para emagrecer, para a obstipação, para a depressão, para tudo menos para a boa-educação ! "Ó tempore ó mores", gritariam os romanos que eram um pouco rudes porque não tomavam chá (esses ao menos ainda tinham desculpa). Para todos, incluindo para mim, recomendo pois o nosso chá insular, tradicional e que, pelo que me apercebo, quando vou à minha terra, ainda tem as propriedades de antigamente.